Pateta
Reprodução
Homem Pateta perturba crianças nas redes sociais


A Polícia Federal (PF) passou a investigar o caso do Homem Pateta , informa o Estadão Conteúdo. Fantasiado do personagem da Disney, a imagem do rapaz tem sido utilizada em diversos perfis nas redes sociais a fim de induzir crianças e adoslescentes a se mutilarem e até cometerem suicídio.


De acordo com a PF, os perfis - que usam o nome de Jonathan Galindo - lançam desafios para as crianças. As respostas podem ser enviadas por mensagens, vídeos e até ligações, e os criminosos pedem que os pequenos excluam as mídias em seguida.

Os perfis teriam começado a aparecer na Europa e no México ainda em 2017, mas chegaram ao Brasil agora, com páginas em português. O conselho da PF é de que os pais mantenham uma relação próxima dos filhos, orientando-os no uso da internet .

    Veja Também

      Mostrar mais