Antena de 5G
Unsplash/Jakub Pabis
Antena de 5G

edital do leilão do 5G, publicado na segunda-feira (27), prevê que as operadoras de telefonia vencedoras terão que investir R$ 7,6 bilhões para levar internet de qualidade para escólas públicas brasileiras.

O investimento é uma das contrapartidas previstas no edital da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). No total, o certame deve movimentar R$ 49,7 bilhões, valor que inclui investimentos obrigatórios e pagamentos ao governo.

No entanto, nem todas as operadoras terão que investir na educação básica. Apenas aquelas que vencerem o leilão das faixas de frequência de 26 Hz é que ficarão responsáveis por levar conectividade às escolas.

O investimento foi incluído na versão final do edital do leilão do 5G após pedido da frente parlamentar da Educação do Congresso. O pedido encontrou resistência no Ministério das Comunicações, que alegou que as escolas já estariam beneficiadas pelo fato das cidades receberem internet, e disse que alterar o edital atrasaria o leilão. O Tribunal de Contas da União, porém, entendeu que a obrigatoriedade do investimento deveria estar prevista no edital.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários