Reunião com avatares do Facebook
Divulgação/Facebook
Reunião com avatares do Facebook

Em uma carta de fim de ano divulgada recentemente, o cofundador bilionário da Microsoft, Bill Gates, destacou que a ascensão do metaverso mudará muito o trabalho futuro.

Destaca-se que, embora o termo tenha se popularizado recentemente com a mudança de nome do Facebook , ele já é amplamente conhecido pelos entusiastas de criptomoedas com os games Decentraland, Axie Infinity, entre outros.

Em sua carta, Bill Gates destacou que a pandemia Covid-19 "mudou completamente" o local de trabalho. Nesse sentido, as empresas estão oferecendo flexibilidade para funcionários que desejam trabalhar remotamente.

"Essas mudanças só se intensificarão nos próximos anos", escreveu Gates, acrescentando que o teletrabalho só atrairá mais pessoas para o metaverso.

Conforme afirmou o bilionário, no metaverso, os usuários terão um avatar virtual 3D. Assim, serão capazes de participar de reuniões em escritórios virtuais ou outros destinos, onde também poderão interagir com os avatares virtuais de seus colegas.

"Nos próximos dois ou três anos, prevejo que a maioria das reuniões virtuais mudará de imagens bidimensionais para o metaverso. Será um espaço 3D com imagens virtuais", escreveu Gates.

Leia Também

Metaverso

Contudo, o empresário observou que os usuários devem usar capacetes de realidade virtual ou óculos para fazer isso.

Ele também admitiu que, para "capturar com precisão as expressões, a linguagem corporal e a qualidade do som", as pessoas precisam de equipamentos tecnológicos caros. Isso inclui capacetes de realidade virtual e até luvas de captura de movimento.

Gates acrescentou que a Microsoft está trabalhando para adicionar avatares e outros elementos do metaverso às equipes de escritório.

No mês passado, a Microsoft anunciou uma cooperação com a Meta para tornar o software Workplace compatível com o Teams. Isso dará ao Teams uma entrada clara para o metaverso.

"Nossa ideia é que você acabe usando seu avatar para conhecer pessoas em um espaço virtual. E esse espaço virtual pode replicar a sensação de estar em uma sala real com elas", escreveu Gates.

Por fim, Gates informou que a Microsoft lançará seu próprio capacete e luvas de realidade virtual no próximo ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários