Spotify pagou R$ 200 milhões em podcast de Joe Rogan
shutterstock
Spotify pagou R$ 200 milhões em podcast de Joe Rogan

O Spotify pagou pelo menos US$ 200 milhões (mais de R$ 1 bilhão) pelo podcast The Joe Rogan Experience, de acordo com reportagem do The New York Times. O valor é o dobro do que vinha sendo divulgado anteriormente.

A exclusividade do podcast do humorista Joe Rogan, que vem sendo o motivo de uma das maiores polêmicas que o Spotify já enfrentou , foi adquirida em 2020. Na ocasião, o valor do negócio não foi divulgado oficialmente, mas o The Wall Street Journal obteve a informação de que o contrato teria custado US$ 100 milhões para a plataforma de streaming.

Agora, em meio a polêmicas envolvendo desinformação e discurso de ódio, o The New York Times obteve a informação de que o acordo custou ao menos o dobro do divulgado anteriormente. O valor de US$ 100 milhões tem sido usado por grande parte da imprensa e não foi corrigido pelo Spotify.

A polêmica a respeito do programa acontece porque Joe Rogan constantemente divulga informações falsas, sobretudo a respeito da pandemia de Covid-19, e incentiva teorias da conspiração e discurso de ódio em seus episódios.

Depois de artistas deixarem o Spotify por conta da polêmica, e da opinião pública e mercado pressionarem a empresa,  113 episódios do podcast de Rogan foram excluídos  silenciosamente, sem explicações da plataforma de streaming, que vinha defendendo o humorista .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários