Samsung Galaxy S22 Ultra
Divulgação/Samsung
Samsung Galaxy S22 Ultra

Galaxy S22 Ultra está longe de ser um celular barato. Nos Estados Unidos, o preço do lançamento começa em US$ 1.199,99, o equivalente a cerca de R$ 6.250 em conversão direta. Ainda assim, o novo smartphone exibe notificações com anúncios, mesmo depois de a Samsung prometer que iria tirar a propagandas de alguns apps.

O relato partiu de uma unidade de review do celular lançado na quarta-feira (9) em posse do Android Authority. O site especializado demonstrou um anúncio sobre o Galaxy S22 que surgiu na central de notificações do lançamento. "Encomende seu Galaxy S22", diz o alerta. "Aproveite até US$ 250 [R$ 1.310] de crédito Samsung".

A propaganda pode não parecer lá grandes coisas. No entanto, é um tanto incômodo pagar mais de US$ 1 mil em um celular para, mesmo assim, receber anúncios. Além disso, este não é o primeiro episódio: em 2020, aconteceu uma situação quando o Galaxy Fold de US$ 2 mil (por volta de R$ 10,4 mil) estava exibindo anúncios em vários apps.

Vale lembrar que a Samsung prometeu retirar os anúncios de alguns de seus aplicativos. Em agosto de 2021, a companhia anunciou o fim das propagandas nos apps de previsão do tempo (Clima), Samsung Pay, entre outros. A mudança começou a ser implementada através de uma atualização disponibilizada no final do ano passado.

Leia Também

Apesar da alteração, parece que nem todos os anúncios foram retirados da interface One UI. Mas os usuários podem desativá-los manualmente nas configurações do sistema.

Xiaomi também exibe anúncio em seus celulares

Outras fabricantes exibem anúncios em seus celulares. Entre elas, está a Xiaomi, empresa que também prometeu remover anúncios invasivos da MIUI em 2019. As propagandas, no entanto, continuam aparecendo na MIUI 12, conforme relatou um usuário em agosto de 2021 no Reddit.

Os anúncios, por outro lado, também podem ser desativados nas configurações do sistema.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários