Facebook muda nome do Feed
Unsplash
Facebook muda nome do Feed

Pode ser até difícil de notar, mas desde terça-feira (15), o nome "Feed de notícias" não aparece mais nas páginas do Facebook para apresentar as novidades nas postagens. A Meta anunciou no Twitter a mudança de nomenclatura, a primeira desde sua implantação mais de 15 anos atrás. Nas linhas abaixo, você confere a diferença que isso pode trazer.

Foi informado pela companhia que o "Feed de notícias" — lançado em 2006, dois anos depois do nascimento da rede social de Mark Zuckerberg — agora se chama apenas "Feed".

O anúncio veio do nada e usou, curiosamente, uma postagem do Twitter para informar os usuários sobre a mudança. Esse acaba sendo o sinal mais icônico de que a palavra "notícias" não mais serve para as intenções relacionadas às publicações no feed do Facebook.

O que muda com a saída de "notícias", na prática?

Essa mudança de nomenclatura talvez passasse despercebida. Afinal, todos os tipos de postagens vão continuar aparecendo em sua página principal, permitindo que o usuário se informe sobre o aniversário de um parente, um #tbt de um colega ou até mesmo uma mudança de emprego de um ex-namorado.

Esses tipos de informações não são "notícias" em si, mas atualizações pessoais. Ou seja, a alteração distancia essa forma de uso das reportagens feitas por profissionais. Além disso, também tenta diminuir a força das chamadas "fake news".

Leia Também

Segundo uma publicação do The Washington Post de setembro de 2021, uma pesquisa feita pela Universidade de Nova Iorque em conjunto com a Universidade Grenoble Alpes da França apresentou que publicações com informações falsas ou similares receberam seis vezes mais engajamento do que fontes mais confiáveis. Tudo isso dentro do período de agosto de 2020 a janeiro de 2021.

Sendo assim, faz todo o sentido a mudança feita pelo Facebook em seu feed. Chamar as postagens feitas por qualquer usuário de "notícia" é muito mais um desserviço do que se pode imaginar. Pode parecer apenas uma alteração de nome, mas talvez seja uma forma da Meta se proteger de informações falsas ou consideradas problemáticas.

Dessa maneira, a rede social tenta se focar mais em ser um ponto de encontro casual. Vídeos de cachorrinhos ou fotos do dia a dia de seus usuários devem continuar ganhando um destaque muito maior do que tópicos como política ou saúde no feed do Facebook.

Vale lembrar que em novembro de 2021, a Meta derrubou cerca de um milhão de fake news nas postagens no Brasil. Um trabalho árduo, mas que ainda precisa ser melhorado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários