Olhar Digital

jogo
Pixabay
Jogo pode ajudar crianças com TDAH


Os videogames  sempre foram muito polêmicos. A famosa discussão da sociedade sobre a ideia de pessoas serem influenciadas pelos games antes de algum crime sempre é revisitada. No entanto, ao que parece, eles estão sendo reconhecidos como um importante aliado em outras áreas.

Leia também:

Pokémon Go criará mapa 3D do mundo real com a ajuda de jogadores; veja como

Nintendo poderá monitorar saúde do jogador e usar resultados em pontuação

Com saudade dos amigos? Veja 7 jogos para se divertir com eles online

Isso porque, após decisão da Food and Drug Administration (FDA), o jogo EndeavorRX , da empresa Akili Interactive, é o primeiro a poder ser legalmente comercializado e prescrito como 'medicamento' nos Estados Unidos.


O título, criado para iPhone  e iPad , recebeu autorização para ser indicado para crianças entre oito e 12 anos com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade ( TDAH ). A decisão foi tomada após sete anos de testes clínicos feitos com 600 crianças. O objetivo foi o de descobrir se o jogo realmente poderia fazer a diferença.

Segundo os resultados, um terço das crianças tratadas "não tinham mais um déficit de atenção mensurável em pelo menos uma medida de atenção objetiva" depois de jogar o título durante 25 minutos por dia, cinco vezes na semana, durante um mês.

"As melhorias no TDAH após um mês de tratamento com EndeavorRX foram mantidas por até 30 dias", declarou a empresa. Isso destaca a necessidade de um tratamento contínuo, seja com esse jogo ou algum outro com o mesmo propósito.

No entanto, o estudo também destaca alguns efeitos colaterais após a exposição ao título - os mais comuns são dores de cabeça e frustração. Porém, como observado, esses são sintomas moderados se comparados com os enfrentados após a ingestão dos medicamentos tradicionais.

Agora, de acordo com a empresa responsável pelo título, a ideia é disponibilizá-lo para que outras pessoas possam utilizá-lo – até então o game era usado apenas para o estudo. A ideia é que ele seja difundido como uma ferramenta para ajudar crianças com TDAH do mundo todo. Para quem se interessar, a companhia disponibilizou uma lista de espera  para receber a novidade antes do lançamento.

    Veja Também

      Mostrar mais