WWDC
Unsplash/Medhat Dawoud
Apple mostra novidades em evento online


A Worldwide Developers Conference ( WWDC ), evento global da Apple voltado a desenvolvedores, começa nesta segunda-feira (22), a partir das 14h (horário de Brasília). Em sua 30ª edição, o congresso acontecerá inteiramente online devido à pandemia de Covid-19. Isso significa que qualquer pessoa pode acompanhar as novidades apresentadas pela Apple. 

Leia também:

iPhone 12 pode ter versão 'baratinha' sem recurso importante; entenda

iPhone dobrável não terá tela flexível; entenda como será o celular

Homem processa Apple em US$1 trilhão por empresa roubar seu iPhone 7

O evento deve ser marcado pelo lançamento do  iOS 14 , a nova versão do sistema operacional do iPhone. Espera-se também que a Apple revele as plataformas macOS 10.16, watchOS 7 e o iPadOS 14.

Como assistir à WWDC

Para quem já tem um dispositivo da marca, o aplicativo TV vai transmitir a WWDC ao vivo. Para isso, basta buscar pelo evento no próprio aplicativo. Se a versão do iOS for mais antiga e a aplicação não estiver disponível, também é possível acessar a transmissão pelo site da Apple

Para quem não tem dispositivos da marca, o mesmo site pode ser acessado. Além disso, o evento também será transmitido através do YouTube . O canal oficial da Apple já tem um agendamento para a WWDC .

O que esperar da WWDC

Como lembra o Engadget, além do iOS 14 , existe uma vasta lista de rumores que apontam para possíveis novidades que a empresa pode anunciar durante a WWDC 2020. Entre elas, mudanças de interface no iOS, novos chips em dispositivos do macOS, além do aprimoramento do uso de mouses em iPads. Confira os principais anúncios esperados no evento:

Mudanças na página inicial do iOS 14

A Apple deve introduzir uma página com uma lista de aplicativos à tela inicial do iOS 14 para facilitar o acesso a programas instalados nos dispositivos. O rumor tem origem em códigos do sistema operacional obtidos pelo site especializado 9to5Mac. O recurso permitiria ao usuário filtrar os aplicativos de acordo com algumas categorias, como notificações não lidas e usados recentemente.

Além disso, a empresa estaria planejando permitir a movimentação de widgets na página inicial, de forma similar ao Android . Atualmente, é possível fixar na tela principal do iOS somente ícones para acessar aplicativos. Os widgets ficam relegados a um painel secundário e separado do restante do sistema.

Já o site Bloomberg relatou ainda neste ano que a Apple considera liberar que apps de empresas terceiras sejam configurados como padrão para algumas funções, como o envio de email e navegação na internet. De acordo com o Engadget, o movimento pode ser uma resposta da Apple diante das investigações de violações de regras antitruste que ocorrem contra a companhia na Europa e nos Estados Unidos.

Outra novidade que pode ser apresentada na WWDC é a nova função de “menção” para o iMessage . Isso permitirá aos usuários marcarem um contato específico nos chats em grupo da plataforma.

Novos aplicativos

Os rumores também indicam um novo programa de realidade aumentada que apresentará informações a partir de QR Codes fornecidos pela própria Apple. Os detalhes do projeto, porém, ainda são escassos.

Segundo o Engadget, a Apple ainda deve apresentar uma atualização para empregar recursos de realidade aumentada no app “Find My”, que ajuda usuários a monitorar a localização de seus dispositivos. Ainda no âmbito de aplicativos, a companhia planeja o lançamento de um app dedicado ao download de vídeos e materiais relacionados à ginástica e musculação. A iniciativa competirá com o Nike Training Club e outros programas do segmento.

Os rumores sugerem ainda que iPhones e Apple Watches ganharão funções para destravar veículos . De acordo com vazamentos do 9to5Mac, códigos do sistema operacional iOS 14 sugerem que a BMW pode ser a primeira montadora a oferecer a ferramenta a seus clientes.

iPadOS

O iPadOS 13.4 introduziu o suporte nativo de mouses e trackpads aos dispositivos da Apple. Segundo o 9to5Mac, o iPadOS 14 deve aprimorar ainda mais este recurso.

O site aponta que os mouses podem contar com cursores inspirados no macOS . A novidade sugere um movimento da Apple para oferecer uma experiência de uso semelhante ao de desktops para usuários de iPad. A companhia ainda deve introduzir novos gestos para trackpads, como um toque com dois dedos para simular um clique com o botão direito do mouse. 

A WWDC também pode trazer novidades para a  Apple Penci l, a caneta inteligente da Apple. Uma nova função permitirá que usuários escrevam fisicamente em qualquer campo de texto dos dispositivos. O iPadOs reconhecerá a caligrafia e converterá o texto para o formato tradicional das plataformas da empresa, de forma semelhante ao que acontece no smartphone Samsung Galaxy Note .

Processadores ARM

A Bloomberg noticiou, em abril, que a Apple lançará Macs com chips ARM em 2021. A expectativa, no entanto, é que a mudança seja anunciada em 2020, e a WWDC 20 pode ser uma oportunidade da empresa para comunicar os desenvolvedores. A Apple utiliza processadores Intel Core desde 2006.

O chip será baseado no A14, que deve ser empregado na geração 2020 de iPhones . Analistas estimam que a migração da Apple para o uso de chips próprios pode gerar uma economia de 40 a 60% no investimento da companhia em processadores.

E o watchOS?

Em relação ao watchOS 7 , o sistema operacional de relógios inteligentes da companhia, é aguardada uma nova função que permite que pais gerenciem o Apple Watch de seus filhos a partir de um único iPhone. Assim, os adultos teriam controle total sobre os aplicativos, contatos, músicas e outros conteúdos acessados pelas crianças.

Os rumores indicam ainda a introdução de um novo recurso de rastreamento de sono no watchOS 7, bem como uma ferramenta para medir os níveis de oxigênio no sangue do usuário. De acordo com o Engadget, ainda são previstas melhorias no recurso de eletrocardiograma do Apple Watch.

    Veja Também

      Mostrar mais