Olhar Digital

Pinterest recebeu oferta da Microsoft
Divulgação
Pinterest recebeu oferta da Microsoft

A Microsoft tentou comprar o serviço de compartilhamento de imagens Pinterest , numa operação que seria a maior aquisição na história da companhia, já que o valor de mercado do Pinterest é estimado em US$ 51 bilhões (R$ 273,3 bilhões).

Você viu?

Segundo o Financial Time s, a negociação foi feita “nos últimos meses”, mas atualmente “não está em andamento”. A aquisição teria dois objetivos: primeiro, acesso aos dados dos mais de 400 milhões de usuários ativos no serviço, o que poderia ajudar a empresa a entender melhor o gosto dos consumidores e identificar tendências antes dos concorrentes.

Outro objetivo seria usar o Pinterest como uma vitrine para o Azure , serviço de nuvem da Microsoft. A Amazon domina este mercado com o Amazon Web Services (AWS), mas ter um grande nome como o Pinterest usando o Azure poderia ser uma ferramenta útil para convencer outras empresas a adotar a plataforma.

São os mesmos motivos que fizeram a Microsoft se interessar pelo TikTok , em meados do ano passado. A oferta da empresa foi rejeitada em setembro, em favor de um acordo com a Oracle , que até o momento não foi concretizado.

Sob o comando do CEO Satya Nadella, a Microsoft já fez outras grandes aquisições. Entre elas o LinkedIn (US$ 26,2 bilhoes, 2016), GitHub (US$ 7,5 bilhões, 2018) e mais recentemente a Bethesda (US$ 7,5 bilhões, 2020), produtora de jogos de videogame e dona de franquias como The Elder Scrolls, Falllout e Doom.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários