WhatsApp
shutterstock
Golpe da clonagem do WhatsApp continua crescendo


Cerca de 407 mil brasileiros tiveram o WhatsApp clonado no mês de maio, número 11% maior em comparação com o mês anterior. A estimativa é do dfndr lab, laboratório especializado em segurança digital da PSafe.

Leia também:

“Parecia que tinham me estudado”, diz jornalista que caiu em golpe no WhatsApp

Clonagem do WhatsApp: Facebook paga R$16 mil a usuário que caiu no golpe

Barril de Heineken de graça? Mensagem que circula no WhatsApp é golpe

Ao todo, mais de 136 mil golpes diferentes foram encontrados pelo laboratório. Esses ataques impactaram, no total, mais de 10,6 milhões de brasileiros. 

E, durante a pandemia , o tema que mais tem sido abordado por criminosos são os  falsos benefícios - as promessas renderam mais de 27 milhões de acessos. As páginas falsas estão relacionadas a serviços como o FGTS e o auxílio emergencial

Como se proteger

Emilio Simoni, diretor do dfndr lab, dá algumas dicas para não cair em golpes digitais como o da clonagem do WhatsApp ou de phishing . Confira:

  • Tenha um sistema de segurança instalado no seu celular;
  • Antes de fazer qualquer pagamento ou fornecer seus dados pessoais, tenha certeza de que a pessoa ou site com quem você está se comunicando é confiável;
  • Tenha cuidado dobrado ao clicar em links recebidos em redes sociais, por e-mail ou WhatsApp;
  • Ative a autenticação de dois fatores disponível no WhatsApp, a fim de aumentar a segurança da conta. Para isso, vá em Configurações > Conta > Confirmação em duas etapas.

    Veja Também

      Mostrar mais