Herdeiro da Samsung pode ser liberado
Reprodução/Youtube
Herdeiro da Samsung pode ser liberado

O herdeiro da Samsung, Lee Jae-yong, pode receber o perdão por seus crimes e voltar a liderar a empresa, de acordo com informações do site SamMobile. Líderes empresariais da Coreia do Sul têm pedido ao governo que o executivo receba indulto, e o próprio primeiro-ministro do país, Han Duck-soo, já disse que recomendaria ao presidente Yoon Suk-yeol que o perdoasse.

A pressão dos empresários surge porque deseja-se que Lee Jae-yong volte a comandar a Samsung, permitindo que a empresa desempenhe um papel mais significativo no mercado de chips.  O herdeiro foi condenado a dois anos e meio de prisão em janeiro de 2021 por suborno e peculato e, desde agosto, está em regime de liberdade condicional .

Como ele já estava preso antes da sentença, sua pena termina na próxima sexta-feira (29). Apesar disso, existe uma lei sul-coreana que impede que ex-detentos destes crimes trabalhem por cinco anos. Por isso, a única forma de Lee Jae-yong voltar à liderança da Samsung imediatamente seria através do perdão, mesmo que simbólico, já que não interferiria no cumprimento da pena em si.

Se o presidente sul-coreano decidir dar o perdão oficial ao empresário, é provável que isso aconteça no dia 15 de agosto, dia da independência do país. A data comemorativa é tradicionalmente usada para conceder indultos.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários